Cursos USP - Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa I

Cursos Livres
Para Todos

Cursos USP - Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa I

Sobre o curso - Cursos USP - Literatura Comparada

Sobre o Curso

Aulas do curso regular do Programa de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa I,  Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP.

Propiciar ao aluno a discussão de critérios e conceitos para o Comparatismo entre Literaturas de Língua Portuguesa, através da aproximação entre suas produções artísticas, poéticas, ficcionais e em diversos suportes midiáticos. Pretende ainda problematizar conceitos tradicionais dos Estudos Literários e revelar, via Comparativismo Literário, as imbricações entre a Estética, a Ideologia e os demais elementos que as permeiam.

Docente responsável: Profa Dra Fabiana Buitor Carelli

Bibliografia

Bibliografia

·         Fundamentos da Literatura Comparada – aula 1 / parte 1

René Wellek. “A crise da literatura comparada”. In Coutinho, E. F. & Carvalhal, T. F. Literatura comparada: textos fundadores.

·         Fundamentos da Literatura Comparada – aula 1 / parte 2

René Wellek. “A crise da literatura comparada”. In Coutinho, E. F. & Carvalhal, T. F. Literatura comparada: textos fundadores.

·         A perspectiva dos Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa I – aula 2 / parte 1

Salvato Trigo. “Da urgência do comparatismo nos estudos literários luso-afro-brasileiros” in Ensaios de literatura comparada afro-luso-brasileira.

·         A perspectiva dos Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa I – aula 2 / parte 2

Salvato Trigo. “Da urgência do comparatismo nos estudos literários luso-afro-brasileiros” in Ensaios de literatura comparada afro-luso-brasileira.

·         A perspectiva dos Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa I – aula 2 / parte 3

Salvato Trigo. “Da urgência do comparatismo nos estudos literários luso-afro-brasileiros” in: Ensaios de literatura comparada afro-luso-brasileira.

·         A perspectiva dos Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa II – aula 3 / parte 1

Benjamin Abdala Junior. “Necessidade e solidariedade nos Estudos de Literatura Comparada” in: De vôos e ilhas: literatura e comunitarismos.

·         A perspectiva dos Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa II – aula 3 / parte 2

Benjamin Abdala Junior. “Necessidade e solidariedade nos Estudos de Literatura Comparada” in: De vôos e ilhas: literatura e comunitarismos.

·         A perspectiva dos Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa II – aula 3 / parte 3

Benjamin Abdala Junior. “Necessidade e solidariedade nos Estudos de Literatura Comparada” in: De vôos e ilhas: literatura e comunitarismos.

·         O poder e seus donos no Brasil – aula 4 / parte 1

Raymundo Faoro. “Capítulo XIV – República Velha: os fundamentos políticos”. In: Os donos do poder: formação do patronato político brasileiro. p.649-738.

·         O poder e seus donos no Brasil – aula 4 / parte 2

Raymundo Faoro. “Capítulo XIV – República Velha: os fundamentos políticos”. In: Os donos do poder: formação do patronato político brasileiro. p.649-738.

·         O poder e seus donos no Brasil – aula 4 / parte 3

Raymundo Faoro. “Capítulo XIV – República Velha: os fundamentos políticos”. In: Os donos do poder: formação do patronato político brasileiro. p.649-738.

·         São Bernardo: contingência e permanência – aula 5 / parte 1

Graciliano Ramos. São Bernardo (trechos). p. 7-34 e 155-188.

·         São Bernardo: contingência e permanência  -  aula 5 / parte 2

Discussão analítica de trechos do romance São Bernardo (1934), de Graciliano Ramos, à luz do texto de Raymundo Faoro estudado anteriormente.

Graciliano Ramos. São Bernardo (trechos). p. 7-34 e 155-188.

·         São Bernardo: contingência e permanência – aula 5 / parte 3

Graciliano Ramos. São Bernardo (trechos). p. 7-34 e 155-188.

Filme: Leon Hirszman. São Bernardo (1972).

·         O Escravismo colonial como modo de produção – aula 6 /parte 1

Jacob Gorender. “Reflexões metodológicas” e Capítulo I”. In: O escravismo colonial. p.15-49 e p.53-98.

·         O Escravismo colonial como modo de produção – aula 6 /parte 2

Jacob Gorender. “Reflexões metodológicas” e Capítulo I”. In: O escravismo colonial. p.15-49 e p.53-98.

·         Senhores e escravos em Luanda – século XVII – aula 7/ parte 1

Pepetela. A gloriosa família (trechos).p. 9-75.

·         Senhores e escravos em Luanda – século XVII – aula 7 / parte 2

Pepetela. A gloriosa família (trechos).p. 9-75.

Filme: Ousmane Sembène. La noire de...(1966).

·         “Brasil, criatório de gente” – aula 8 / parte 1

Darcy Ribeiro. “Aventura e rotina”, “Classe, cor e preconceito”,  Assimilação ou segregação”. In: O povo brasileiro. p. 167-192 e 208-244.

João Guimarães Rosa. Grande sertão: veredas (trechos). p. 286-316.

·         “Brasil, criatório de gente” – aula 8 / parte 2

Darcy Ribeiro. “Aventura e rotina”, “Classe, cor e preconceito”, Assimilação ou segregação”. In: O povo brasileiro. p. 167-192 e 208-244.

João Guimarães Rosa. Grande sertão: veredas (trechos). p. 286-316.

·         “Brasil, criatório de gente” – aula 8 / parte 3

Darcy Ribeiro. “Aventura e rotina”, “Classe, cor e preconceito”, Assimilação ou segregação”. In: O povo brasileiro. p. 167-192 e 208-244.

João Guimarães Rosa. Grande sertão: veredas (trechos). p. 286-316.

Filme: Orlando Fortunato. O comboio da Canhoca (1989).

O cmais+ é o portal de conteúdo da Cultura e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.

Comentários

Compartilhar


Primeira Aula

Assistir >

Lista de Aulas

  • Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia
  • FAPESP
  • UNICAMP
  • UNESP
  • USP
  • FUNDAP
  • Centro Paula Souza